Quarta-feira, 24 de Setembro de 2008

Agradecimento...

 

Aqui estão as vossas flores

e um beijo grande
por elas.

estou: Flores recebidas
música: Agradecimento

publicado por Maria José Rijo às 23:59
| comentar | Favorito
partilhar
6 comentários:
De Xavier Martins a 25 de Setembro de 2008 às 00:27
Minha boa Amiga
Estou boquiaberto com tanta MARAVILHA.
Que bom que recebeu as flores (agradeço o meu
nome no cartão) e estou Feliz por ter recebido
(as nossas flores)

A Senhora merece tudo de bom.
Obrigado pela amizade e obrigado por este blog
que tanto, tanto me encanta.

Com imensa amizade

Xavier Martins


De Avelino a 25 de Setembro de 2008 às 00:38
Querida Senhora
Estou muito amargurado, a perda da minha Mãe foi
um pedaço ruim para tragar.
Sei que sabe do que falo.
A minha Mãe era uma mulher excelente, de fibra e
de grande coragem, uma Mãe extremosa.
Este atropelamento não podia ter acontecido...
Mas...

Queria agora agradecer-lhe a oportunidade de
podermos apreciar a beleza que é a sua obra.
É uma exposição magnifica, de grande qualidade
e beleza.
Estou deveras impressionada com a arte que as
suas mãos alcançaram ao elaborar tanta beleza.
Até me sinto emocionado, a minha Mãe teria
ficado MUITO contente por ver-se no cartão, tal
como nós aqui de casa.

Gostamos todos muito de si.
É como uma pessoa da nossa familia.
Uma pessoa muito MUITO querida da nossa casa.

Seu admirador

Avelino


De Dolores e Luizinha a 25 de Setembro de 2008 às 00:52
Tiazinha
Estou tão triste sem a minha avozinha aqui em casa.
Sentia-me tão afagada pelo carinho que me dava...
E agora... perdi-a... atropelada na rua quando vinha
da padaria - porque tinha ido bem cedo comparar um
paozinho para o meu pequeno-almoço. Fazia sempre
isso - era uma querida...

A tia também é uma querida.
A sua exposição é mesmo uma MARAVILHA, uma
deliciosa maravilha. Tem peças tão lindas.
Os seus trabalhos de conchas são preciosidades.
Posso pedir à sua sobrinha Paula que ponha mais
fotos dos trabalhos de conchas - queria apreciar
um pouco melhor.

Gostei da ideia das flores - era isso mesmo que me
apetecia fazer o meu pai até falou em enviar um
vaso de orquideas para si, mas depois com tudo
isto...
Bom lá recebeu as nossas flores. Que bom.
GOSTO muito de si. Muito.
Fique bem Tia
Luizinha


................

Tia Zé
Estivemos a apreciar cada uma das suas fotografias.
É uma exposição muito boa.
Adorei os seus bonecos de madeira. Uma
perfeição imensa em cada traço.
São peças de Museu, peças para um Bom Museu
onde as pessoas possam apreciar tão belos
trabalhos. Merecem uma galeria só para si, para
expor tão belos trabalhos - do seu Percurso.

OH tia Adorei. Estou emocionada.
Já sabe da sogrinha, uma tristeza na nossa casa.

Beijinhos e fique bem e seja Feliz.
Tia tão querida

DO LO RES




De Aristeu a 25 de Setembro de 2008 às 01:25
Ah que flores lindas.
A sua sobrinha é mesmo muito querida. Era mesmo
isso - que eu queria. Um lindo bouquet de flores
para a Senhora minha Tia - no dia da inauguração
da sua exposição.
Grato - não sei como pagar - mas um dia que volte
a Elvas pagarei e levarei um muito maior para ambas.

Tia querida estou tão contente pela sua exposição.
Está uma autentica maravilha.
A sala do Museu ficou linda, mas também está linda
porque os seus trabalhos são obras de Arte.
O Gílinho (como a tia diz) adora o bonecos de
madeira, diz que estão tão reais que parecem
verdadeiras esculturas, dignas do melhor Museu da
Europa o que eu concordo plenamente.
A Cílene adorou os trabalhos de conchas diz que
nunca tinha visto nada tão bonito. Adorou o
Elefante e o palhaço (é um palhaço não é?).
O meu Pai adorou tudo, todas e cada uma das peças
que compoem a sua magnifica exposição.
Eu também gostei de tudo mas tenho a minha
predilecção pelos seus quadros.
São excelentes oleos. Adorei o da quinta do bispo,
mas poderia mostra-los todos aqui (para mim?).

Tia
Parabens querida e obrigado.
Ainda bem que gostou

Aristeu


De Dina a 25 de Setembro de 2008 às 12:37
Obrigado à Paula por lá ter colocado o meu nome...fiquei muito feliz por isso. Um beijinho grande para as duas.


De Maria José a 5 de Outubro de 2008 às 15:06
Minha Querida - foi preciso uma "bela" constipação me prender em casa para arranjar tempo para dizer esta verdade tão simples: Deus me ajude a saber merecer tão bons Amigos
Um beijo - maria José


Comentar post

.Maria José Rijo

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Parabéns Avelino

. Parabéns Luciano

. CONVITE

. Cá Estou ... - 2

. CORAL PÚBLIA HORTÊNSIA DE...

. CRIANÇA - 1990

. Parabéns

. A afilhada da Tia Zé

. Páscoa - 2017

. Homenagem a Maria José Ri...

.arquivos

.tags

. todas as tags

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.links

.Contador desde- 7-2-2007

Nova Contagem-17-4-2009 - @@@@@@@@@@@@@@@@ @@@@@@@@@@@@@@@

@@@@@@@@@@@@@@@ A Seguir-nos por aqui. Obrigado @@@@@@@@@@@@@@@@ free counters
Free counters @@@@@@

.Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

.ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@

.LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@