Domingo, 31 de Maio de 2009

O que se é!

 

Á Lá Minute

Jornal Linhas de Elvas

Nº 2.032 – 2 Março de 1990

 O que se é!

 

Não sei se será possível continuar tão pacatamente o arejamento que a “Perestroika” já proporcionou aos povos de leste, ou, se na impossibilidade de ser controlado o andamento dos acontecimentos, eles próprios, se sobreponham e antecipam às decisões que, é suposto, sejam tomadas para as orientar e dirigir.

             

As vezes as correntes tornam-se enxurradas e não há diques nem comportas que as detenham.

No entanto, qualquer que seja a velocidade a que as mudanças se processem; a ordem ou o atropelo em que decorram; elas terão que ser referenciadas pela historia como – antes e depois de Gorbachev. Esse homem de que os jornais falam, as rádios também, e as televisões mostram ao mundo inteiro – esse homem que não tem cara de herói, de mártir ou de santo.

                     

Ele não tem o ar dos profetas das estampas dos livros antigos, nem o perfil ascético dos grandes pensadores, não usa as lunetas comuns à imagem dos sábios míopes, nem sequer tem a cabeleira revolta que faça evocar maestros, visionários ou artistas geniais, ou qualquer particularidade que o faça confundir com heróis de moderna ficção.

              

Não. Nada disso.

Tem a cara arredondada de um burguês de classe média e o ar atento e bondoso de um clássico chefe de família.

Não arvora nem cara de mau, nem a simpatia melíflua dos demagogos.

              

Mostra-se assim tal e qual como a gente vê – com aquele jeito natural de quem sabe o que quer e o que faz e tenha ao seu dispor para talhar futuro, uma serenidade sem fim.

O que lhe passa pelo espírito não sei.

      

Só Beethoven, foi Beethoven.

http://www.youtube.com/watch?v=o0VwTw1eZ1k

 

http://www.youtube.com/watch?v=vQVeaIHWWck

 

 

O que passa pelo espírito de uns, não passa pelo espírito de outros, e só o tempo e a distância enfocam, as vezes, com a luz certa, os actos e as obras daqueles que não se medem pela craveira comum.

 

Ocorre-me a propósito uma frase que ouvi, atribuída ao Papa João Paulo II:

                    

“ O que importa não é o que se diz, nem o que se parece

Mas sim aquilo que se é “

 

Maria José Rijo

 

estou:

publicado por Maria José Rijo às 01:46
| comentar | Favorito
partilhar
4 comentários:
De Gustavo Frederich a 31 de Maio de 2009 às 02:39
Minha tão querida Tia
Muito, muito grato pelas suas queridas palavras.
É bom saber que está (perto) longe dos olhos
perto do coração - como diria o nosso saudoso
e amigo padre.

Mais um texto - embora com alguns aninhos -
estão sempre actuais e é isso- isto - que eu
adoro no que escreve - parece que os anos não
passam.
A sua actualidade é um ponto de honra neste
seu (nosso ) cantinho.

Realmente a Tia é um ser muito especial.
De uma beleza interior de grande suavidade.
Parabens minha tia tão querida
É um prazer poder ler o que escreve seja ele
em prosa como em poesia.

Um grande beijinho

Gus

E tem razão - no regresso as saudades tomam
proporções enormes que se atiram sobre nós...
dificeis de suportar - por isso saí de cá - tavez
o refazer velhos caminhos me tenha trazido de
volta...
Nem sei - mas grandes vastidões tenho de percorrer
neste meu mundo - agora desencantado.
Sei - sinto que me entende nestas meias palavras
mas...
é o que pode ser.
Muitos beijinhos

Gus


De Flor do Cardo a 31 de Maio de 2009 às 02:49
Cara amiga
Subscrevo a afirmação do seu sobrinho Gus.
Realmente lao er os seus artigos - mesmo com
anos e anos - estamos certos da sua actualização
e ISSO - é que eu acho digno de um escritor e a
Senhora - minha amiga - é UMA GRANDE ESCRITORA
- com letras grandes.
Muitos Parabens por mais este - de tantos que ainda
faltam.
Sabe que tenho uma Lista por ordem de anos que
me fez o Gilinho no computador - para eu ir dando
baixa do que vão sendo publicados aqui - neste
cantinho tão agradável.

Aqui em Brasilia - os amigos do Aristeu gostam
muito de consultar o seu blog - não só pelo prazer de
ler - mas também porque admiram a sua forma
brilhante de escrever e porque aprendem muito e
aprendem o que é escrever o nosso português.
Fico sempre contente com as novidades e ainda
mais quando ele me conta que alguns colegas
levam textos seus para que os alunos os leiam e
até fazerem trabalhos de pesqisa no seu blog.
Sinceramente é Muito bom.
Eu acho.

Parabens por isso !

-
O nosso doente - alfinetado pelas abelhas já está
em casa - mas credo - realmente os homens
doentes dão imenso trabalho e são muito chatos.
Não acha???

O Gilinho só abana a cabeça e ri com tantos
disparates - parece que vamos ter visita por
alguns meses. Ehh ehh...

Um grande abraço

Luciano


De artesaoocioso a 31 de Maio de 2009 às 17:52
Gorbachev foi um líder carismático mas chegou tarde ao poder: o regime já estava moribundo.
Nos dias de hoje, Obama é o Gorbachev da América embora esta não esteja ainda na fase terminal.
Também ele chegou tarde ao poder.
Cumprimentos


De Dolores Maria a 31 de Maio de 2009 às 22:52
Querida Tia
E o fim de semana já terminou.
Enfim... não mais se pode esticar...

Boas caiações paara si.
Que volte depressa.

Muitos beijinhos

DO LO RES


Comentar post

.Maria José Rijo


. ver perfil

. seguir perfil

. 53 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
21
22
23

24
27
28
29
30


.posts recentes

. São Mateus 2017

. Participação - Programas ...

. Programa de São Mateus 20...

. Carta aos meus queridos A...

. Aniversário do Linhas - 2...

. Viagem a Fátima

. Reportagem do Jornal Linh...

. Parabéns Avelino

. Parabéns Luciano

. CONVITE

.arquivos

.tags

. todas as tags

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.links

.Contador desde- 7-2-2007

Nova Contagem-17-4-2009 - @@@@@@@@@@@@@@@@ @@@@@@@@@@@@@@@

@@@@@@@@@@@@@@@ A Seguir-nos por aqui. Obrigado @@@@@@@@@@@@@@@@ free counters
Free counters @@@@@@

.Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

.ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@

.LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@