Terça-feira, 18 de Agosto de 2009

Só brincadeira !

Á Lá Minute

Jornal Linhas de Elvas

Nº 1.785 – 10 Maio – 1985

 Só brincadeira

        

Entretanto, de rompante na frutaria cheia de gente, a freguesa com um jornal na mão pergunta em voz alta e risonha, interpelando o dono da casa que serve ao balcão:

 

--Oh, Senhor Fulano, então não se candidatou à Presidência da Republica?

-- Eu? – Retorquiu o visado fingindo achar graça

-- E, porque não? Se já temos o homem dos queijos, porque não havemos de ter no negócio o homem da hortaliça? – insiste a freguesa.

            01jq7.jpg

Curiosamente, ouvindo este dialogo lembrei-me de um outro escutado há uns anos entre dois soldados da guerra do “nosso” ultramar.

--“Para mim o pior era quando a gente tinha que ir apanhar e juntar bocados de corpos dos nossos camaradas espatifados pelas minas”

--“Eu não era capaz, pá! Ainda bem que nunca tive que fazer coisas dessas!”

--“Ora se eras! Fazias como toda a gente que para não rebentamos a chorar aos gritos, fugir, ou a morrer p’ra li dizíamos bojardas e até contávamos anedotas”

       

--Cada um procurava a porta de saída que encontrava para se livrar da angustia…

--Será? – Fiquei a pensar.

A pessoa que me acompanhava ficou calada bastante tempo, como eu.

Mais tarde, com um sorriso onde a ironia bailava comentou:

-- (como se continuássemos uma conversa que não aconteceu) :

-- Talvez o totoloto fosse a solução!

-- Metiam-se todos num saco e tirava-se um ao acaso. Quem sabe?

-- Ás vezes a sorte até poderia estar do nosso lado!

 

Só Brincadeirinha? – Talvez não.

 

Maria José Rijo

 

estou:

publicado por Maria José Rijo às 22:03
| comentar | Favorito
partilhar
11 comentários:
De Aristeu a 18 de Agosto de 2009 às 23:38
Minha querida tia
Um belo texto que fala a verdade sobre um
tema . um bocado tabu - esses traumas que
tanto atingiram os soldados até aos dias de hoje.

Parabens por mais um tema especial.
Tem um espólio fantastico de temas e artigos.
Gosto muito de si

Beijinhos tia
e por favor cuide-se. Prometa que se cuida?
Bejinhos

Aristeu


De Maria José a 20 de Agosto de 2009 às 22:48
Olá Senhor Professor - " Menino Feliz" aqui tem a sua tia a dar graças a Deus por ter mudado a maré por esses lados.
Não se preocupe comigo que para além das "goteiras" normais em telhados velhos, tudo está bem e melhor ficará se tiver a sote de vos ver pelo S. Mateus
Beijinhos
Tia Zé


De Aristeu a 21 de Agosto de 2009 às 22:26
A tia
é realmente a pessoa mais querida do mundo
pelo que lhe vou dar uma novidade em primeira
mão e desejo que fique tão feliz e surpreendido
como eu fiquei.
A Magnolia engravidou...
Estou imensamente feliz e quero compartir
consigo, minha tia tão querida, esta nova de alegria.

Espero que também fique contente.
Gostamos muito de si tia

Aristeu


De Maria José a 23 de Agosto de 2009 às 20:17
Olá minha querida gente feliz!
Estou francamente enternecida com a notícia, e, se me faltam as palavras para dizer o que sinto, saibam que não me falta amor e "colo" para aconchegar sonho tão grande.
De todo o meu coração parabéns para todos, mas, se me permitem, muito em especial para mamã Magnólia e para o Gilinho, que acaba de ganhar a maravilha de se tornar : - O mano!
O mano mais velho!
Estou feliz por vós.
Beijinhos para todos
Tia Zé


De Gustavo Frederich a 19 de Agosto de 2009 às 00:21
Tia querida

Muitos beijinhos e posso pedir um presente para mim?
...
E um poeminha...
daqueles lindos seus...
é que já tenho saudades deles...

Fique bem e tenha cuidado com o calor.
Beijinhos

Gus


De maria José a 20 de Agosto de 2009 às 22:57
Meu querido
Claro que vou "esgravatar" a minha velha papelada para lhe arranjar a "encomenda"
Nunca me esqueço de si, como sabe. Às vezes tenho pena de não ser possível dizer o que apetece, na forma em que apetece, mas ... dos amigos o que pode ser.
Fica prometido o poema, e fica certo o de sempre:
quero-lhe muito bem
beijinos - tia Zé


De Ana Maria Lourenço a 19 de Agosto de 2009 às 00:28
MInha boa amiga
Se eu sei o que é isso, o meu marido é dessas
pessoas foram a essa guerra.
Ainda hoje ele sofre com pesadelos, acordando
gelado no meio da noite...
É horrivel .

Gosto sempre muito da sua forma de escrever,
de contar.
Quem não gosta pois que passe e pronto...

Um grande beijinho amiga
e eu queria muito que se sentisse bem.
Gosto muito de si, acredite.
Lendo-a fico feliz.

Obrigado por este lindo blog

Ana Maria Lourenço


De Maria José a 20 de Agosto de 2009 às 23:08
Ana Maria Lourenço
Não sei se já lhe disse que minha santa Mãe se chamava Ana, e que tenho uma sobrinha Ana Maria - mãe de uma Ana Isabel que por sua vez, já é mãe de Ana Carolina e de Ana Margarida.
Como vê isto de ser Ana já é um sinal de afecto.
Obrigada pela sua preciosa presença sempre generosa e cheia de simpatia.
Creia que contar com estas "visitas" quebra imenso a minha solidão.
Um beijo da amiga grata Maria josé Rijo


De Xavier Martins a 19 de Agosto de 2009 às 23:09
Como sempre um grande texto.
Um texto tocante como é a sua forma.
Minha amiga, desculpe, perguntar mas ...
e o outro blogue?
Parou?

Cá estou aguardando mais um tema especial.
Com amizade

Xavier Martins


De Maria José Rijo a 20 de Agosto de 2009 às 23:28
Xavier Martins
Embora o não pareça eu costumo cumprir o que prometo. É mais do que um hábito é uma forma de estar na vida. Ora acontece que no seguimento do já escrito no "nosso" blog deveria ter entrado uma história " colaborada" por uma outra sua protagonista.Infelizmente a senhora tem estado a braços com um grave problema e cegueira e outras complicações que tudo alteraram. Assim sendo , porque não me foi possível - até agora - preparar outro tema tudo se alterou, como sabe.
Combinei agora com a Paula, pegar noutro assunto que, embora não seja o ideal, tem cabimento sem alterar muito a sequência dos factos.
Espero que entretanto Dona Maria Elvira recupere .
Em qualquer caso - estarei sempre grata ao meu bom amigo pelo interesse que o "nosso" blog lhe merece
Um abraço
Maria José Rijo


De vieira calado a 25 de Agosto de 2009 às 16:15
Olá, bom dia!

Como o seu blog está imediatamente acima do meu, no nosso marcador shinystats...

vim ver.
O blog é interessante e variado.

Cumprimentos meus.



Comentar post

.Maria José Rijo

.pesquisar

 

.Agosto 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Parabéns Avelino

. Parabéns Luciano

. CONVITE

. Cá Estou ... - 2

. CORAL PÚBLIA HORTÊNSIA DE...

. CRIANÇA - 1990

. Parabéns

. A afilhada da Tia Zé

. Páscoa - 2017

. Homenagem a Maria José Ri...

.arquivos

.tags

. todas as tags

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.links

.Contador desde- 7-2-2007

Nova Contagem-17-4-2009 - @@@@@@@@@@@@@@@@ @@@@@@@@@@@@@@@

@@@@@@@@@@@@@@@ A Seguir-nos por aqui. Obrigado @@@@@@@@@@@@@@@@ free counters
Free counters @@@@@@

.Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

.ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@

.LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@