Sexta-feira, 7 de Janeiro de 2011

Orrico Horta

 

 

 

 

 ...

Não choraste por mim

choro eu por ti

meu irmão do Alentejo

  .

Maria José

 

 

estou: DR. Orrico Horta

publicado por Maria José Rijo às 16:00
| comentar | Favorito
partilhar
9 comentários:
De Aristeu a 7 de Janeiro de 2011 às 20:27
Oh Tia que pena.
Fiquei tristissimo com esta noticia.
O Dr. Horta foi o meu melhor Prof de Inglês e
alemão.
Ele era muito amigo dos meus pais e ia muitas
vezes a nossa casa. Por alguns meses deu-me
explicações - que me valeram uma nota mais do
que excelente. O método de ensino era
simplesmente brilhante.

Sinto muito, de verdade.
Já não consigo dizer mais nada.

Um beijinho tia

Aristeu


De Flor do Cardo a 8 de Janeiro de 2011 às 10:31
CAra Maria Jose´
nem imagina como lamento a morte do nosso
amigo Marcelino, era assim que a minha mulher
o chamava, eram muito amigos e ela estudava
alemão com ele,e o Aristeu ainda teve aulas e
explicações na nossa casa.
Era um Homem de uma inteligência e sensibilidade
extraordinária.
Por vezes declamava poemas de que gostava e
nós adoravamos ouvi-lo. Era um prazer.
Foi um prazer conviver com ele.
Realmente uma perda lamentavel - esta morte
inesperada.
A Morte de um Amigo é sempre uma catástrofe
na nossa vida - uma perda que dói.
Que ele descanse em Paz .

Um abraço forte
Luciano


De Luis Carlos Presti a 8 de Janeiro de 2011 às 10:51
Minha Tia
Lamento imenso a morte do seu amigo.
É muito triste quando morrem os nossos amigos.
É como se uma parte de nós se desprendesse da
nossa alma.
Sei o que sente - faz 3 dias perdi um amigo muito
querido num acidente de viação.
É sempre uma tristeza infinita.
Muitos beijinhos tia

Luis Carlos


De GISA a 8 de Janeiro de 2011 às 10:54
Minha Tia
Lamento imenso a sua perda.
Nestas alturas de dor, as palavras repetem-se
em cada boca - porque não há outra maneira
de lamentar a morte - de quem queremos.
Sinto muito a sua perda.

Por cá tudo bem.
Cuide-se tia.
Muitos beijinhos

Gisa


De Gilinho a 8 de Janeiro de 2011 às 10:58
Tiazinha
Eu já não tive o prazer de conhecer este prof.
excelente de meu Pai e amigo de casa dos meus
avós - mas lamento muito a sua perda.
Era certamente um Grande Homem.

Por aqui tudo bem tia. As minhas filhas vêm a
caminho (ainda falta um cadinho)...LoL
Sabe que o Tio - que ta la com o meu avó - lá
em casa - parece que agora faz pão e vende
para fora?? Ehhh ehhh as pessoas adoram.
Muitos beijinhos e se cuide tiazinha
E a Kika???
Beijuxxxx

Gilinho


De Mafalda Dorff a 8 de Janeiro de 2011 às 15:39
Olá boa tarde
Por um mero acaso descobri o seu blog
e eis que encontro o meu antigo professor do
liceu, de quando eu estudava em Elvas.
Quantos anos passaram... muitos...
Vivo na Alemanhã.
Fiquei agora muito triste com esta noticia.
Foi um Bom professor de inglês e Alemão.
Tambem era seu amigo - sinto muito pela perda.

Com amizade

Mafalda Dorff


De Maria Augusta Torres a 8 de Janeiro de 2011 às 15:47
Minha Boa Amiga
Cá estamos ainda - Como DEus quer - neste
2011 - o que me deixa tão feliz.
Gosto muito de viver - como a maioria dos mortais.
Viver é bom - apesar das contrariedades da vida.
Não é facil dar noticias destas...
A morte dos nossos amigos dão-nos um peso
muito especial no coração.
A amizade é uma ajuda para nós - ajuda-nos a
suportar a vida.
Agora só temos de rezar pela sua alma, que
certamente estará com o criador.

Minha amiga sabe que fui passar o NAtal com o
meu filhos e netos - para casa de uma prima
que vive na Alemanha.
Foi muito agradavel - estar com a familia que se
não vê faz anos a fio - por motivos alheios a nossa
vontade - mas que não dá para o encontro.
Estivemos por lá uma semana.
Gostei imenso.

Hoje vim aqui também para lhe desejar um FELIZ
Ano Novo de 2011 e desejar de todo o meu coração
para que este ano seja - para si - com muita
inspiração nas suas escritas - neste blog que faz
as minhas delicias.
Felicidades
receba um beijinho
desta sua e muito amiga
Maria Agusta Torres


De Xavier Martins a 8 de Janeiro de 2011 às 15:52
Só hoje consegui aparecer por este - seu - e nosso
blog, se me permite.
Lamento muito a morte deste nosso amigo.
O Dr. Horta era e foi um professor inesquecivel
para os seus alunos e para quem o conheceu.
Falei imensas vezes com ele no Grémio, lá na
Praça da Républica - onde nos encontravamos em
amena cavaqueira.
A meu pedido , ainda deu explicações a uma sobrinha
minha, que etudou cá em Elvas.
A rapariga não percebia nada de inglês e com a sua
ajuda - até tirou belissimas notas.
LAmento muito esta perda, acredite.
Era um bom Homem.
Paz a sua alma.
Com consideração
Xavier Martins


De José Luiz Cananão a 11 de Janeiro de 2011 às 21:35
É sempre com tristeza que vemos partir um Amigo, mais ainda quando esse Amigo foi um dos nossos Mestres.
A saudade é a maior prova de que o passado valeu a pena...quando a saudade não cabe no peito, ela transborda pelos olhos...foi isso que aconteceu quando soube da notícia.
Resta-me/nos rezar pelo seu eterno descanso.
Obrigado Professor, Obrigado Amigo!
Descansa em Paz, José Marcelino


Comentar post

.Maria José Rijo

.pesquisar

 

.Junho 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
23
24

25
26
27
28
29
30


.posts recentes

. Parabéns Luciano

. CONVITE

. Cá Estou ... - 2

. CORAL PÚBLIA HORTÊNSIA DE...

. CRIANÇA - 1990

. Parabéns

. A afilhada da Tia Zé

. Páscoa - 2017

. Homenagem a Maria José Ri...

. Cá Estou ... - 1

.arquivos

.tags

. todas as tags

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.links

.Contador desde- 7-2-2007

Nova Contagem-17-4-2009 - @@@@@@@@@@@@@@@@ @@@@@@@@@@@@@@@

@@@@@@@@@@@@@@@ A Seguir-nos por aqui. Obrigado @@@@@@@@@@@@@@@@ free counters
Free counters @@@@@@

.Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

.ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@

.LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@