Sábado, 31 de Dezembro de 2011

Ano Novo - 2012

IMG_8002.JPG

 

.

É dia 31 de Dezembro de 2011.

Um dia, é sempre um dia, porque qualquer que seja a sua posição no calendário, em
qualquer dia tudo cabe.

Esperança,
Desesperança, Alegria, Tristeza, Nascimento e Morte.

Porém tudo quanto anuncia um fim pode marcar um novo começo.

Talvez daí, a expectativa que nos invade quando um novo ano surge no horizonte das nossas vidas.

Já, já começa 2012 e cada um de nós, qualquer de nós ou todos nós, como as fadas madrinhas
nas velhas lendas nos abeiramos do seu nascimento como ela dos berços, com os melhores augúrios.

Saúde – Vida – Amor – Trabalho – Alegria – enfim, tudo quanto se nos possa afigurar como
componentes de Felicidade.

Que para cada um de vós o sonho se cumpra.

Eu fiz a minha última compra do ano Flores para embelezar o meu canto.

Com elas celebro o Ano Novo e a amizade que me une a todos vós.

F E L I C I D A D E S

Feliz Ano Novo

 

Maria José Rijo

 

 

estou: Ano Novo - 2012
música: Post - 1070 - em 2011
tags:

publicado por Maria José Rijo às 16:10
| comentar | Favorito
partilhar
16 comentários:
De Xavier Martins a 31 de Dezembro de 2011 às 16:18
Cara amiga
É mesm o ultimo dia do ano
e antes que termine deixamos aqui
um beijinhos e desejos de Felicidades para o Novo Ano de 2012.
Que este venha repleto de muita Saude - que é o
mais importante de tudo - mas também que se
cumpram muitos dos seus desejos.
Felicidade.
dos amigos

Xavier Martins e familia


De MAria José a 21 de Janeiro de 2012 às 17:14
Meus queridos Amigos
Quem tarda, também chega. Assim é comigo. Tarde e más horas , mas aqui estou e não menos grata que sempre pelas vossas presenças amigas nos generosos comentários com que sempre agraciam o nosso blog.
Também eu venho , não só agradecer, mas , também retribuir todos os vossos bons augurios para este " misterioo" chamemos-lhe assim - 2012.
Não avalio que mais malfeituras terá para nos dar, porque já excedeu todas as minhas espectativas e, ainda só começou.
Vivi oitenta e cinco anos sem esperar heranças e, afinal não me escapei desta que nem sequer me chega de família directa.
Coisas da vida!
Conta-me sempre que vai às exposições do Museu de fotografia.
As vezes também lá vou.Já por lá nos encontramos?
Porque não diz?
Um grande abraço com desejos de bom ano
Grata e amiga a maria josé Rijo


De AugustA sILVA tORRES a 31 de Dezembro de 2011 às 16:23
Minha boa amiga
Gostei imenso do seu ultimo post.
Como sempre bem ilustrado.
A sia querida gata Kika que é um modelo exemplar
e as flores que comprou.
É bom - mas pouco...
Pessoas da nossa idade tinham de estar mais
acompanhadas e ser tão mais amada.
Não falo por mim - nem por si - mas falo de tantas
que conheço e conheci.

Mas...
Esperamos que o Ano Novo de 2012 nos trga mais
Saude que isso é que nos faz muita falta e
também que traga boas ideias ao nossos
governantes para remarem para bom porto.
Pelo bem de todos nós.

Um bem haja e muitas Felicidades para si.
Desta sua velhinha amiga
Augusta Silva Torres


De Maria José a 21 de Janeiro de 2012 às 17:00
Minha Querida Amiga
Que bom ter a sua amizade na presença dos seus comentários sempre tão cheios de interesse. Melhor ainda é sabê-la tão bem acompanhada por família e amigos.
Creia que a mim o que me vale é a presença amiga e fiel da minha empregada que já muito me acompanhou na doença de meu Marido e de minha Mãe.Das Amigas do meu tempo, já poucas me restam e, quase todas estão noutras cidades, em Beja onde estudei, principalmente. Por aqui,as que tinha, mais íntimas já estão no mundo da saudade.
Da família de meu Marido já por aqui me restam uns sobrinhos - a quem, aliás, muito bem quero e, alguns bons amigos também muito mais jovens do que eu.
Percebe, certamente, que é ter, não tendo, porque aquele grupinho do : - e.. se fossemos? aqui? ali? que não sabiam estar sem nós, nem nós sem eles, o tempo o desfez sem retorno.
O que me vale é ter tanto de bom para recordar que ajuda a equilibrar as mágoas.
Alegra-me sabe-la bem e, creia que lhe estou muito grata pela sua querida presença nesta "nossa" casa
Um grande, grande abraço com desejos de muita saude e tudo de bom neste complicado 2012
grata e amiga a Maria José Rijo


De GISA a 31 de Dezembro de 2011 às 16:26
Minha querida Tiazinha
Já devia de sentir por aqui a falta desta sua
sobrinha
Mas voltei - estive fora de Portugal a ajudar
uma amiga muito doente - agora que ela
melhorou bastante voltei a casa e aos habitos
que sentia tanta falta.
Cá estou eu a abraça-la e a dar-lhe uns
beijinhos de saudades.
Muitas Saudades.
E a minha tia como tem passado??
Espero que se sinta bem de saude.
E desejo que este ano novo de 2012 seja MUITO
bom para si - com muita luz e muita
SAUDE.
Sinta-se abraçada
por esta sua sobrinha
~~GISa


De Maria José a 21 de Janeiro de 2012 às 17:22
Querida Gisa
Ainda bem que apareceu! - Já tinha saudades.
Conte coisas da sua vida.
Há tanto tempo que por certo tem coisas boas para contar.
Também eu alem de lhe vir agradecer os seus bons desejos venho retribui-los pedindo a Deus que a sua vida seja feliz e com muita saude e que se vá sempre lembrando desta "nossa casa", onde,nos vamos cruzando.
Beijinhos, saudades e um abraço grande
Tia Zé


De Manuel Teixeira a 31 de Dezembro de 2011 às 16:28
Agradeço e retribuo os desejos de
um Bom Ano
Também espero que o seu seja muito bom.
Com muita Saude e alegrias.
Deste seu leitor e amigo

Manuel Teixeira


De Maria José a 21 de Janeiro de 2012 às 17:27
Manuel Teixeira, meu Amigo
Obrigada pelo seu comentário.
É muito agradável, na minha idade saber que ainda há quem partilhe algum do seu tempo connosco
Um abraço grato e amigo.
Maria josé Rijo


De eva a 31 de Dezembro de 2011 às 17:38
Maria José, ausente dos comentários que não dos seus escritos, venho desejar-lhe um 2012 cheio de felicidades na companhia dos seus mais queridos.
E que 2012 continue a possibilitar-nos a leitura dos seus inspirados e inspiradores textos.
Muitas Felicidades!


De Aristeu a 1 de Janeiro de 2012 às 02:30
FE LIZ ANO NOVO
Minha Tia.
Agradeço e retribuo os Votos com muitos beijinhos
desejando que o ano Novo de 2012 seja repleto
de MUITAS coisas BOAS - Principalmente SAUDE
e que possa ainda REALIZAr muitos dos seus
desejos... eu sei que terá alguns para realizar.

Muita LUZ minha Tia querida.
BEIJINHOS

do seu sobrinho

ARISTEU


De GILINHO a 1 de Janeiro de 2012 às 20:26
Minha querida Tia
FELIZ ANO NOVO
que tenha muita S A U D E ALEGRIA P A Z
A M O R e que todos os seus desejos se
realizem em 2012.
Eu se Deus quizer vou terei mais dois filhos
homens para juntar as minhas meninas.
E espero sejam gemeos também.
Vamos ver.

BEijinhos minha Tia querida

G ilinho



De GUS a 1 de Janeiro de 2012 às 20:33
Minha queridissima Tia
De Assis - lhe envio muitos beijinhos e
desejos de um Ano Novo muito próspero.
Espero e desejo que 2012 seja um Ano Muito
bom para si - que a SAUDE esteja sempre em alta
acompanhada de muita PAZ - ALEGRIAS - AMOR -
CARINHO e muita Amizade por parte daqueles que a adoram.
Que 2012 lhe traga muita inspiração - para muitos
aspecrtos da vida - mas principalmente a nivel
da poesia - (para deixar aqui o seu sobrinho Gus)
ter um ano belissimo a ler maravilhosos poemas
SEUS.

Muitos beijinhos e continuação de BOM ANO

DEste seu sobrinho que a adora
GUS


De Maria José a 21 de Janeiro de 2012 às 17:57
Gus querido
Há coincidências na vida , bem interessantes.
Acontece que das pessoas que me rodeavam já poucas vão restando, mas a viuva de um sobrinho de meu marido, cuja perda estará em mágoa, comigo para sempre, nutre por mim um afecto, que é reciproco, o que faz que me visite várias vezes. Ela viaja imenso e vai com frequência a Itália onde tem um filho em Milão.
Este ano foi passar o Natal a Assis cidade de que eu lhe tenho falado imenso.Então, a certa altura o meu telefone tocou, no dia de Natal e um a voz querida anunciou: Tia,! bom Natal!! ouça, são os sinos de Assis! - começaram agora a tocar
Escuso de lhe dizer quanto me tocou a delicada lembrança. Ora vejam lá que outra pessoa muito querida me sauda do mesmo maravilhoso local.
A ela que espero àmanhã de visita vou dar-lhe um abraço dos que gostamos de receber e, ao meu sobrinho, que nunca apertei ao coração deixo neste mundo virtual a oportunidade de o imaginar sabendo como me é querido, também.
Bom ano! e obrigada pelas Boas-festas
Beijinhos tia Zé


De Flor do CArdo a 1 de Janeiro de 2012 às 22:46
Amiga Maria José
Parece que sobrevivemos a 2011... deixe ver o
2012 como vai ser.
Só desejo que seja com muita saude para poder
viver nesta minha familia linda que está a crescer.
E Espero que a sua vida - no 2012 receba muita
Saude que é o que nos faz mais falta - o resto
vem por acrescimo.

Força amiga.
sei que é valente ou antes rija.
Isto das palavras portuguessas...

Um abraço e Feliz 2012

Com admiração

Luciano


Ah e que continue com muita inspiração.
O seu blog é muito importante para muita gente
espero tenha consciencia desse pormenor.

Um abraço
Luciano


De Lita Oliveira a 11 de Janeiro de 2012 às 15:53
Só após último almoço AALBeja , tive conhecimento dos vossos blogs. Comecei tarde, mas vou arranjando tempo para me poder deliciar com tudo o que escreve. Prosa, poesia, fotos maravilhosas e partilhas duma vivência e lucidez de que me orgulho e me faz lembrar tudo da minha infância, com AMOR E SAUDADE! PARABÉNS! Que 2012 seja repleto de tudo de bom.
Mil beijos da
Lita Guerreiro


De Maria osé a 24 de Janeiro de 2012 às 18:25
Minha querida Lita
O teu comentário trouxe-me um mundo de recordações que nem imaginas!
Num repente vi-me na "nossa" casa da rua Dr Pereira Coelho onde tu nasceste naquele dia de São Pedro em que, frente ao Passo, havia um mastro onde a musica fazia um ruido ensurdecedor.
Ainda tenho uns brincos que teus pais ofereceram à tia Feliciana pelo carinho com que ela acompanhou a tua Mãe, amiga, de quem guardo a maior saudade.
Guardei-os para ti e pensava dar-tos no "nosso" Liceu
na festa, onde, afinal não cheguei a ir.
De qualquer modo estão guardados para ti e tu ,bem os podias vir buscar...
Obrigada pela ternura exagerada das tuas palavras de admiração que entendo pela amizade de uma vida inteira que une a tua família à nossa.
Sabes que me lembro do grande aquário que tinhas na tua casa das Portas de Mértola em Beja?
Um abraço grande e muitas saudades
Maria José

Beijinhos e saudades da maria José


Comentar post

.Maria José Rijo


. ver perfil

. seguir perfil

. 53 seguidores

.pesquisar

 

.Setembro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
19
21
22
23

24
27
28
29
30


.posts recentes

. São Mateus 2017

. Participação - Programas ...

. Programa de São Mateus 20...

. Carta aos meus queridos A...

. Aniversário do Linhas - 2...

. Viagem a Fátima

. Reportagem do Jornal Linh...

. Parabéns Avelino

. Parabéns Luciano

. CONVITE

.arquivos

.tags

. todas as tags

. Dia de Anos

. Então como é ?!

. Em nome de quem se cala.....

. Amarga Lucidez

. Com água no bico

. Elvas com alguma rima e ....

. 28 de Fevereiro...

. Obras do Cadete

. REGRESSO

. Feição de nobreza

.links

.Contador desde- 7-2-2007

Nova Contagem-17-4-2009 - @@@@@@@@@@@@@@@@ @@@@@@@@@@@@@@@

@@@@@@@@@@@@@@@ A Seguir-nos por aqui. Obrigado @@@@@@@@@@@@@@@@ free counters
Free counters @@@@@@

.Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

.ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@

.LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@