Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



São Mateus 2017

Terça-feira, 26.09.17

1417.JPG 

A nossa Paulinha mais uma vez conseguiu dar-nos 

"um cheirinho de São Mateus" (confesso que a mim também)

pois com a mana Barbarinha de cama com gripe nem deu para mais

do que espreitar pela janelao colorido das luzes e o burburinho da

festa, que por ser "nossa vizinha" quer queiramos, quer não,

nos entra pela casa a dentro.

1417-2.JPG 

Fico sempre grata quando leio os vossos comentários,

muito principalmente porque me aquecem o coração

contar com a vossa amizade que, nem

calculam como me acompanha neste

entardecer davida.

1417-3.JPG 

Um abraço, grande, grande

com Saudades

Maria José Rijo

1417-4.JPG

1417-10.JPG

1417-5.JPG

1417-7.JPG

1417-12.JPG

1420.JPG

1420-9.JPG

1420-10.JPG

1420-13.JPG

1420-17.JPG

1420-20.JPG

1420-22.JPG

IMG_7110.JPG

IMG_7159.JPG

IMG_7182.JPG

IMG_7189.JPG

IMG_7196.JPG

IMG_7213.JPG

 

IMG_7245.JPG

IMG_7247.JPG

IMG_7263.JPG

IMG_7285.JPG

IMG_7316.JPG

IMG_7346.JPG

IMG_7348.JPG

IMG_7364.JPG

IMG_7377.JPG

IMG_7401.JPG

 

IMG_7423.JPG

IMG_7427.JPG

IMG_7455.JPG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 00:00

Participação - Programas de São Mateus

Segunda-feira, 25.09.17

1990.jpg-1990.jpg

2004.jpg-2004.jpg

2017.jpg2017-3.jpg

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 00:00

Programa de São Mateus 2017

Quarta-feira, 20.09.17

2017.jpg

2017-2.jpg

2017-3.jpg

2017-4.jpg

2017-5.jpg

2017-6.jpg

2017-7.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 00:00

Carta aos meus queridos Amigos

Segunda-feira, 18.09.17

Pesa-me a consciência por vos deixar tanto tempo sem um - Olá! - Sequer.

Pudesse a constante lembrança com que vivo de vós, materializar-se e, receio que me sacudissem como se fora uma mosca importuna!

Porém, o tempo, agora, como que sedimenta o que sonho fazer, e, a não ser quase de empurrão, nada acontece.

Tudo permanece em sonho, em desejo frustrado, em mágoa por não acontecer e, não mostrar como queria, o bem que me fazem as vossas presenças na minha vida, e quanto amenizam este meu viver de lembranças e saudades e, como me fazem sentir que sempre vala a pena viver.

PAphotografy.jpeg

Às vezes penso se alguma vez me terei cruzado com algum de vós no meu caminho, e, como era gostoso ter-vos abraçado, escutado a vossa voz, sentido a realidade física dum afecto que se idealiza, se vive, nos alegra o coração e nos acompanha.

A Vida, porém, é como é, e já é bom sentir que estes milagres acontecem.

Mas, hoje, é dia 18 de Setembro, é a data de aniversário do meu querido sobrinho Gus. Não poderia passar sem lhe deixar aqui um especial ABRAÇO da Paulinha e meu, e, também a confissão de que sei “ O” que lhe fico a dever…

E, também, uma palavra especial a cada um de vós.

Para vossa tranquilidade quero dizer-vos que me estou a tratar com a Senhora Dona Adriana e, como viram… já só uso uma canadiana.

Um grande grande abraço – vossa do coração

                                                                      

Maria José Rijo

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 15:00

Aniversário do Linhas - 2017 - A História de um Nome

Quinta-feira, 07.09.17

Linhas de Elvas 2.017 

Nº 3437 de 7 Setrembro 

4.jpg 

A razão das razões

Este jornal, a que ternamente, já só apelidamos de “Linhas”como se fora um “petit nom” familiar, chama-se na verdade: Linhas de Elvas.

Não se trata portanto de referir linhas de cor, linhas aéreas, linhas de pautas, de comboio, ou de outras quaisquer…

Não!

Não é!

Este Linhas que agora faz 67 anos foi gerado na alma de uma cidade que sofria, então, como todo o país, o peso de uma opressora ditadura e, nascido da coragem intelectual, da coragem moral e cívica, de um pequeno grupo de Elvenses de raiz, que, como diz a voz do povo, ousou expor o peito às balas…

1.jpg

Assim sendo, que nome de baptismo se poderia dar ao neófito, nesta terra de ancestrais costumes, senão um que trouxesse à memória os notáveis feitos da história que, sendo locais, são simultaneamente aqueles a que a pátria de todos nós mais deverá a sua independência e mais nos orgulham – a batalha das Linhas de Elvas?

Em 8-7-955,o Diário de Notícias, pela pena do seu brilhante jornalista - Urbano Tavares Rodrigues – citando a edição de um estudo crítico politico militar do capitão – Jorge Faro Valadas -

Editado pela Câmara Municipal de Elvas e por este jornal –

Escreve: - “Á vista de Elvas, ou com a sua directa interferência – diz o culto e talentoso militar – decorreu a maioria dos

acontecimentos relevantes da história pátria, que o mesmo é dizer da história militar portuguesa”

2.jpg

“Sem o prodigioso feito de armas que ali se verificou em 14 de Janeiro de 1659 o País que mais longe fora nos caminhos do mar e que com a Espanha um século antes repartira o Mundo seria absorvido deixaria de contar no concerto das nações”

Assim rezando a historia – quando se proferir o diminutivo familiar – “Linhas” – ou o seu nobre nome de baptismo “Linhas de Elvas” qualquer de nós saberá, todos nós saberemos que estamos a falar “da coragem de dar o peito às balas”pela justiça, pela verdade pela democracia”- pela crença irrefutável de que sendo todos filhos de Deus – todos entenderemos que: “Eu sou o outro”.

Que continue a ser sempre esta a “nossa” linha

Parabéns Linhas de Elvas – no total do seu elenco criador!

O caminho é o futuro!

Linhas! - O meu abraço de sempre!

Maria José Rijo 

 

3.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 16:23

Viagem a Fátima

Quinta-feira, 07.09.17

7.jpg 

Maria José Rijo e Vereadora Vitória Branco

8.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 13:18

Reportagem do Jornal Linhas de Elvas

Quinta-feira, 07.09.17

5.jpg

7 Setembro 2017m 

Jornal Linhas de Elvas

Nº 3437

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Maria José Rijo às 12:23





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930


comentários recentes

  • Anónimo

    Mas que bom...As gavetas da memória ... que saudad...

  • Anónimo

    Oh minha querida Tiazinhacomo eu adoro este artigo...

  • Anónimo

    Querida Amiga de minha MãeAgradeço as suas palavra...

  • Maria José Rijo

    Creia que foi com profunda tristeza que recebi a n...

  • Anónimo

    Muito boa noiteDesculpe vir assim a esta hora e pe...


Pensamentos de Mª José

@@@@@@@@@@@@@@@@@

@@@@ O caminho acaba ali... Ali onde começa a descoberta, O caminho é sempre estrada feita O fim do caminho É uma porta aberta... Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Quando o homem se render à força que o amor tem e a arma for oração pulsará na vida a paz como bate um coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Ser semente do futuro, é a mensagem de esperança, Que como um recado antigo, A vida nos dá a herança.- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@ Eu penso, que é saudável e honesto reconhecer e respeitar as diferenças que nos individualizam no campo, também dosi deais.----- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@ Há uma tal comunhão entre a obra e o autor Que até Deus concebe o Homem e o Homem - o Criador! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ UMA IDEIA : É uma LUZ que se acende i nesperadamente no nossos espirito iluminando um caminho novo. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Sei para onde vou- pela ansia de galgar a distância- de onde estou- para o que não sou. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ A solidão é o que preenche o vazio de todas as ausências. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Quando na vida se perde, Um amigo ou um parente, P’ra que serve a Primavera? Se o frio está dentro da gente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Mesmo sobre a saudade, a doçura do Natal, embala cada coração como uma música de esperança. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Em passadas de gigante nobre de traça e idade vem da nascente p'ras fontes dar de beber à cidade. -- Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Nas flores como nas pessoas, ás vezes a aparente fragilidade também pode esconder astúcias e artificiosos bluffes ”. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ A cada um seu direito, A cada terra seu uso, A cada boca um quinhão, A cada roca seu fuso, Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Seja cada dia um fruto- Cada fruto uma semente- Cada semente o produto- Dos passos dados em frente. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Coisas e loisas esparsas- Como a ferrugem – se pica- Como a lama dos caminhos- Se pisada… nos salpica. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Todos os dias amanhecem Crianças Pássaros Flores ! Sobre a noite das crianças Pássaros Flores que já não amanhecem Amanhecerá! Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@ Ao longe vejo Olivença Mais perto, Vila Real A meus pés o Guadiana Correndo manso – na crença De que tudo é Portugal Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Pátria sagrada de povo, Que emigrada- ganha pão, estás repartida- mas viva Se te bate o coração. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Portugal mais se define Onde a fronteira se traça Pode partir, mas não dobra Quem defende Pátria e Raça Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@ Bom seria se os recados do nosso coração chegassem ao ouvido de quem os motiva, porque então saberíamos como somos queridos e lembrados sem necessidade de telefones ou cartas. As comunicações seriam de coração para coração como a música de alma que se soltasse de um poema. Maria José Rijo @@@@@@@@@@@@@@@@@@

LIVROS PUBLICADOS:

-E vim cantar- 1955@ -Paisagem- 1956@ -Rezas e Benzeduras- 2000@ @@@@@@@@@@@






ARTIGOS PUBLICADOS Em :

Jornal Linhas de Elvas - Desde 1950 @ @@@@@@@@@@@ Jornal da Beira - (Guarda) @@@@@@@@@@@ Jornal da Ilha Terceira (Açores) @@@@@@@@@@@ Jornal O Dia @@@@@@@@@@@ Jornal O Despertador @@@@@@@@@@@ Revista Norte Alentejo @@@@@@@@@@@


links

Um pouco de mim...

EFEMERIDES

Blogs- quem nos cita

Deambulo por

Culinaria

K I K A

Paginas de Diário

2019

2018

2017

2016

2014

2015

2013

2012

2011

2010

Cá estou ...

Mais alguns...

Alguns...

Alentejo

Eurico Gama

Artigos sobre...

Escola Musica / Coral

Elvas Cidade...

Escritores e...

A Familia

Sebastião da GAma

Minhas sobrinhas Bisnetas

Meus sobrinhos Netos

Meus sobrinhos

Diversos...

Páscoa

São Mateus

Cartas especiais

noticias em Jornais

Dia da Criança

Cartas do Brasil- 1996

AÇORES

Juromenha

Col. de Gastronomia

O Natal

Exp. MuseuTomaz Pires-1984

Exposição PERCURSO-2008

HistóriasCmezinhasEreceitas

Revista Sénior

JOSÉ RIJO

Hospital e Maternidade

Livro de Reminiscências

Livros- de HistóriasInfantis

  • A história da Cotovia
  • A história de uma Flor
  • A historia do Castelo
  • AlendaMisterioso vale florido
  • O sonho da Joca
  • A menina de Trapo
  • A avó conta 1 historia
  • Conto - Margarida - 1
  • Conto-Margaridavaicontente
  • ... então sonhei!
  • O Cavalinho encantado
  • A princesa Jasmim
  • Aurinha está doente
  • Arnaldo o terrivel
  • A Cabrinha
  • Era uma vez ...
  • O pequeno castanheiro

Dias festivos

Programa de Poesia (radio)

Crónicas na Revista

Livro de Poemas - I

Livro de Poemas - II

Livro de Poemas - III

Livro de Poemas - IV

Aniversários Linhas

Livro Rezas e Benzeduras

Livro das Flores

LivroJoaoCarpinteiro

A Visita - Despertador

Programas se SãoMateus

Entrevistas

Entrevista - TV-Videos,etc

Visitantes no Blog

Aniversarios Blog



arquivos



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.